sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

QUERIA SER

Queria ser o teu abraço mais gostoso,
a vontade do teu corpo
o teu abandono mais profundo,
a luz dos teus olhos
o nome na tua boca
o desejo d'ir sempre até ao fim
morrer
e renascer a cada instante.

2 comentários:

  1. "quero estar na maciez do toque dos teus dedos
    e entrar na intimidade desses teus segredos
    quero ser a coisa boa liberada ou proibida
    tudo na tua vida"


    lembrei-me desta música (cama e mesa) de Roberto Carlos ao ler-te...
    Pirosa?
    Não...bela e sensual...tal como os teus textos.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. De repente fiquei com vontade de ouvir o Rei. Grandes e inesquecíveis temas, poemas inolvidáveis de quem canta o amor como poucos. Piroso? O amor não é piroso e sim a incapacidade de amar.

    ResponderEliminar