quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

OUTRA VEZ

Queria nascer outra vez
conhecer-te hoje como se fosse a primeira vez,
noutro tempo, noutro espaço físico-temporal;
Queria nascer outra vez
ou então poder morrer
porque é pior a vida que a morte
esta vida de te conhecer
conhecer e não te ter.

Sem comentários:

Enviar um comentário