quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

HOJE O AMOR...

Já ninguém fala de dentro para fora,
pergunta o que quer, diz o que sente,
já ninguém se despe para os outros
além da nudez sem vergonha do seu próprio corpo,
já ninguém olha dentro dos teus olhos,
elogia o teu sorriso sincero e cristalino,
compara-o às manhãs dum Sol escaldante e abrasivo.
Hoje o amor é um desejo que ninguém confessa,
uma urgente e breve troca de fluídos, um email
impessoal e resumido no lugar vazio de um coração.

2 comentários:

  1. O amor pode adquirir diversas formas... até um email.

    ResponderEliminar
  2. ...deve ser por isso que nunca gostei de emails...gosto bem mais de uma conversa franca cara a cara, de um olhar ou de um sorriso sincero.

    Beijinho

    ResponderEliminar