terça-feira, 12 de janeiro de 2010

ESSA LUZ


Essa luz que nos teus olhos brilha, reluz
seduz e atraiçoa, ateia a chama extinta no peito,
ausência de quem se clame de direito.
Essa luz que me incendeia
é água de nascente, cristalina
é pôr-do-Sol, farol, é carícia fugaz,
é fogo que me levanta
enredo que me cativa, mentira
e mergulha o meu norte em densas trevas
promessas de mulher.

Sem comentários:

Enviar um comentário