domingo, 6 de dezembro de 2009

ESCUTA


Escuta
escuta um coração que bate descompassado,
escuta o que diz o olhar, quase grita
enquanto tu finges nada ouvir.
Escuta o gesto, escuta o silêncio,
eles falam da vida, dos sonhos
do vazio da solidão
dessa dor que conheço de cor.
Falam de ti
e dos caminhos que construo
para te trazer até mim.
Mas tu não vens, tu não escutas
um pobre diabo que procura,
procura por ti para ser feliz.
Escuta,
escuta tudo o que não digo
tudo o que não mostro
tudo o que não escrevo,
escuta.
Quero falar, quero gritar,
Fazer ecoar bem alto tudo o que sinto
e que esta minha boca não consegue dizer,
escuta, mas finge que não ouves
se quiseres falar aquilo
que eu não quero ouvir.


às vezes A Mais Bela Palavra de Amor é Dita no Silêncio de Um Olhar

Sem comentários:

Enviar um comentário